O Colégio - História

¤ HISTÓRICO

 

 O Colégio Social nasceu impulsionado por um sonho da professora Ana Franco que se encantou ao trabalhar com as crianças do Infantil, na Escolinha Cinderela.

 A escola iniciou suas atividades em março de 1983, em espaço cedido carinhosamente pela Escolinha Cinderela, na Rua Teixeira de Freitas, acolhendo, com muito amor, 22 crianças de 1ª série. Foi, então, denominada Escola de Educação Infantil.

 No ano seguinte, estendemos até 2ª série, quando foi transferida para uma sede provisória adaptada em uma dependência da residência da professora Ana, à Rua Primeiro de Março, 141.

 Em 1985, foi construída a atual sede própria, num terreno ao lado, doado pelo seu pai, Sr. Antônio Franco, especialmente para ver um sonho concretizado.

 A escola cresceu a cada ano. Em 1986, festejamos a conclusão da primeira turma de 4ª série.

 Atendendo às solicitações da comunidade, em 1988, as instalações foram ampliadas e implantado o Ensino Fundamental de 5ª à 8ª série, recebendo a denominação de Colégio Social de Valença. Em 1991, concluía a primeira turma de 8ª série.

 Através de um trabalho de pura dedicação, a escola ganhou a confiança dos Pais e, dez anos depois, estávamos corajosamente matriculando os adolescentes para o Ensino Médio.

Atualmente, contamos com 287 alunos, depois de celebrar 25 anos de existência. Vemos um pequeno sonho se transformar em uma grande realização. Instalações ampliadas, novo pavilhão construído, sempre procurando, ao longo desse tempo, adequar, de forma inovadora sua prática pedagógica, beneficiando uma educação de qualidade, buscando um desenvolvimento harmonioso nas diversas dimensões: físico, intelectual, social e afetivo.

 

Trabalho marcado pelo amor, entusiasmo e dedicação que nasceu do sonho de uma pessoa e hoje conta com uma equipe dedicada e competente, fechando, com chave de ouro, cada ano letivo concluído.

 

Com mais de 25 anos de muito compromisso com crianças e adolescentes que nos são confiados com o objetivo de conduzir ao mundo, com firmeza e consciência do seu papel  de cidadãos.

 

Agradecemos aos professores, alunos, funcionários, pais e aqueles que direta ou indiretamente colaboram na construção desse ideal.